20.7 C
São Paulo
sexta-feira, julho 19, 2024

Ex-executivos da Americanas venderam R$ 287 milhões em ações antes de fraude ser revelada

Leia mais

Investigações da Polícia Federal revelaram que ex-executivos das Lojas Americanas venderam R$ 287 milhões em ações antes de serem descobertas “inconsistências contábeis” nos balanços da empresa, caracterizando fraude.

A Operação Disclosure descobriu que o ex-CEO Miguel Gomes Pereira Sarmiento Gutierrez e a ex-diretora Anna Christina Ramos Saicali venderam R$ 230 milhões dessas ações — R$ 171,7 milhões por Gutierrez e R$ 59,6 milhões por Saicali.

 

++ Amazon introduz seção de produtos baratos para enfrentar concorrência chinesa

Os ex-executivos foram acusados de uso indevido de informações privilegiadas e outros crimes. As transações, realizadas nos seis meses anteriores à descoberta das fraudes, foram reportadas à Comissão de Valores Mobiliários, responsável por regular o mercado financeiro.

O juiz Márcio Muniz da Silva Carvalho, da 10ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro, decretou a prisão preventiva dos dois ex-executivos, que estão fora do país — Gutierrez na Espanha há um ano e Saicali em Portugal. Eles já são considerados foragidos e enfrentam penas de 1 a 5 anos de prisão, além de multas de até três vezes o lucro obtido com as vendas de ações.

Segundo os investigadores, Gutierrez teve participação direta nas fraudes, pois estava envolvido no fechamento dos resultados e tinha conhecimento das discrepâncias entre os números reais e os fraudados, que resultavam em bônus milionários.

++ Entenda as 6 melhores escolhas para investimento em criptomoedas para 2024

Um dia após a descoberta das fraudes, o valor das ações da Americanas caiu 80%.

Em comunicado oficial, a Americanas afirmou: “Reiteramos nossa confiança nas autoridades e reforçamos que fomos vítimas de uma fraude de resultados pela antiga diretoria, que manipulou dolosamente os controles internos existentes”.

A defesa de Miguel Gutierrez declarou que ele “jamais participou ou teve conhecimento de qualquer fraude” e que está “colaborando com as autoridades e prestando os esclarecimentos devidos nos foros próprios”.

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias