15.3 C
São Paulo
domingo, julho 14, 2024

Crescimento exponencial das fintechs na América Latina indica potencial de expansão

Leia mais

 

Nos últimos seis anos, a quantidade de fintechs na América Latina teve um crescimento expressivo, mais que quadruplicando, de acordo com um relatório divulgado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pela Finnovista, uma empresa especializada no desenvolvimento de fintechs. Esse aumento significativo destaca um cenário promissor para o futuro, com especialistas indicando que há ainda muito espaço para expansão na região.

O número de startups de tecnologia financeira, ou fintechs, saltou de 703 em 2017 para 3.069 em 2023, segundo os  dados levantados.  Uma grande parte dessas fintechs, 57%, tem como principal foco a população sem acesso a contas bancárias, conhecida como população “desbancarizada”. As fintechs que atendem a este segmento costumam oferecer principalmente serviços de empréstimos, enquanto aquelas voltadas para pequenas empresas se concentram em soluções de pagamento.

++ Conheça a startup que foca em reciclagem

O Brasil desponta como líder regional no número de fintechs, representando quase um quarto do total. O México segue com 20%, enquanto Colômbia, Argentina e Chile têm participações de 13% e 10%, respectivamente.

O chefe de mercados e finanças do BID, Anderson Caputo, ressaltou a importância da regulamentação para o crescimento do setor em cada país. Ele observou que há uma clara correlação entre os avanços regulatórios e a capacidade de crescimento das fintechs. Exemplos notáveis incluem as novas leis e regulamentações implementadas no Chile, Equador e Peru, bem como a adoção de uma estrutura de “transações instantâneas e open finance” na Colômbia.

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias