25.4 C
São Paulo
segunda-feira, julho 22, 2024

Concursos públicos são adiados devido as calamidades no Rio Grande do Sul

Leia mais

Além do Concurso Nacional Unificado (CNU), outros concursos no Rio Grande do Sul foram afetados pelas recentes calamidades. A situação emergencial no estado levou à decisão de adiamento de diversos exames. O Banco Central, por exemplo, não tem previsão para realizar sua prova, afetando cerca de 3% dos mais de 38 mil candidatos inscritos no estado.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) optou por remarcar sua prova para o dia 23 de junho, priorizando a segurança dos candidatos e profissionais envolvidos.

++ EUA planejam restrições para proteger IA de avanços chineses

A Defensoria Pública do Estado do Paraná (DPE PR) também adiou seu concurso, sem data definida para a aplicação das provas.

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) ainda não divulgou uma nova data para seu exame em Porto Alegre, enquanto a Marinha remarcou sua prova para o dia 21 de maio, assegurando igualdade de oportunidades para todos os candidatos.

++ Economia global: dívida atinge novo recorde de US$ 315 trilhões, alerta IIF

Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ainda não adiaram seus concursos, mas correm o risco de fazê-lo, dada a situação atual.

Essas mudanças, embora tragam desafios, também oferecem novas oportunidades para os candidatos se prepararem melhor, revisando conteúdos e realizando simulados.

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias