20.6 C
São Paulo
sexta-feira, julho 12, 2024

Pagamentos por aproximação crescem no Brasil com expansão de uso pelo celular

Leia mais

 

O modelo de pagamento por aproximação (contactless), seja pelo celular ou por cartão físico, teve um crescimento de aproximadamente 10% em 2023, segundo dados do Banco Central. As estatísticas revelam que o celular foi utilizado em 82% das transações nesse formato, seguido de perto pelos cartões de crédito e débito.

Os dados, comparados entre os últimos trimestres de 2022 e 2023, mostram que as transações por aproximação com cartão de crédito aumentaram de 23,1% para 31,1%. Já o uso do cartão de débito nesse mesmo método subiu de 24,4% para 35,2% no período analisado.

++ Empreendedores têm nova opção para aliviar dívidas em cartão de crédito; entenda

Apesar da crescente popularidade dos pagamentos por aproximação, o Banco Central destaca que muitos brasileiros ainda preferem os “canais presenciais”, como agências bancárias e caixas eletrônicos. A instituição informou que cerca de “42% dos recursos movimentados no ano passado foram por algum desses meios”.

Cartões e pix ainda lideram

O levantamento do Banco Central também aponta que a preferência dos brasileiros em termos de pagamento não mudou significativamente no último ano. Os cartões (débito, crédito e pré-pago) foram usados em 41% das transações, tanto online quanto presenciais. O Pix ficou em segundo lugar, sendo utilizado em 39% das transações no país no período analisado.

++ Bitcoin lidera rendimentos no primeiro semestre de 2024

Vale mencionar que o Banco Central já está desenvolvendo o Pix por aproximação, mas ainda não divulgou os detalhes de como essa funcionalidade irá operar.

Para esclarecer dúvidas sobre o pagamento por aproximação, o Canaltech preparou uma lista com mitos e verdades sobre esse modelo, que vale a pena conferir.

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

 

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias