13.8 C
São Paulo
sábado, julho 13, 2024

Inteligência Artificial é responsável por aumento do consumo de carbono em empresas

Leia mais

Nesta semana, foi divulgado que o Google teve um aumento significativo de quase 50% na emissão de carbono de 2019 para o presente ano. Os dados foram divulgados dentro do relatório ambiental da empresa e também explorado pelo portal de notícias CNBC.  

Esse crescimento é atribuído a um aumento de consumo de energia dentro de seus centros de dados, onde registraram cerca de 17% de aumento em 2023 e nas emissões da cadeia de suprimentos por conta das altas demandas de Inteligência Artificial durante esses anos. 

++Pesquisa do Sebrae-SP revela que 70% dos empreendedores tiram férias uma vez por ano

Outra empresa que também tem apresentado um consumo elevado é a Microsoft, onde registrou cerca de 30% de emissões de carbono de 2020 até 2024, em decorrência da construção de novos centros de dados. A Meta, por sua vez, marcou 75 toneladas métricas de CO2 durante o treinamento da sua Inteligência Artificial. 

Sendo famosa pela criação do ChatGPT, o OpenAI também teve um aumento por conta do treinamento de seu modelo GPT-3, onde marcou 500 toneladas de emissão de carbono.

Outra empresa que segue investindo em Inteligência Artificial é a Amazon. Através do Amazon Web Services (AWS), a empresa destacou que sua emissão de carbono cresceu por conta da operação em centros de dados e na utilização da tecnologia dentro de suas funções.   

++Como uma empresa do ramo médico levantou R$ 32 milhões em investimentos

Embora sendo um fator importante dentro do mundo, a tentativa de frear o crescimento de poluição dentro do mundo parece não fazer sentido com empresas que estão focadas em crescer com a Inteligência Artificial, visto que a tendência global é ter um crescimento de 20% em demandas elétricas até 2030 para a realização dessas operações. 

O Google pontua em seu relatório que a empresa está comprometida em diminuir o impacto ambiental, contudo, ressalta que a expansão da tecnologia impõe obstáculos logísticos e de tempo para explorar energias renováveis. 

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias