16.2 C
São Paulo
sexta-feira, julho 12, 2024

Como uma empresa do ramo médico levantou R$ 32 milhões em investimentos

Leia mais

A Tivita é uma startup especializada em soluções financeiras para clínicas e consultórios médicos, que acaba de concluir uma rodada de investimentos de cerca de R$ 32 milhões. O financiamento foi liderado pelo fundo FinTech Collective e contou com a participação de K50 Ventures, MAYA Capital e SSV. 

Fundada há um ano por Claudio Franco e Amilton Paglia, a fintech tem a missão de simplificar e automatizar até 90% das tarefas manuais nas rotinas financeiras de clínicas e consultórios médicos. Desde o pré-lançamento em janeiro de 2024, a startup já contou com mais de R$ 5 milhões em pagamentos de seus clientes.

++Apple Intelligence terá recursos do Google Gemini no lançamento

Com os recursos captados, a empresa planeja um crescimento significativo nos próximos dois anos, com a meta de expandir em 20 vezes, os investimentos serão direcionados principalmente ao desenvolvimento tecnológico de suas soluções com o objetivo de ampliar a automação de processos manuais repetitivos nas clínicas, como repasse para prestadores de serviços, contas a pagar e faturamento.

A proposta permite que profissionais de saúde e gestores monitorem o faturamento e a produtividade em tempo real, automatizando rotinas financeiras e simplificando a emissão de documentos relacionados ao pagamento e ao atendimento dos pacientes. 

Como modelo de negócio, a empresa busca oferecer dois modelos de contratação, como a assinatura mensal fixa para equipes de saúde e um modelo flexível pós-pago para consultórios que atendem até 100 pacientes por mês. 

++Empreendedores têm nova opção para aliviar dívidas em cartão de crédito; entenda

Atualmente, a operação está ativa em 16 estados, atendendo mais de 120 clientes de diferentes portes e especialidades, incluindo psiquiatras, cirurgiões plásticos, oftalmologistas, dermatologistas, psicólogos, fisioterapeutas e nutricionistas.

“Criamos uma solução que permite aos gestores colocarem a operação praticamente no piloto automático, reduzindo drasticamente o tempo dedicado a tarefas que anteriormente demandavam, em média, 20 minutos por paciente, agora concluídas em cerca de 20 segundos”, destaca Claudio Franco, cofundador e CEO da Tivita.

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias