20.7 C
São Paulo
sexta-feira, julho 19, 2024

Pequenos empresários brasileiros avançam na economia circular

Leia mais

 

Uma pesquisa recente do Centro Sebrae Sustentabilidade (CSS) revela que 32,7% dos pequenos empresários brasileiros já adotam práticas da economia circular em seus negócios, embora apenas 16,51% realmente compreendam o conceito. O estudo, intitulado “Engajamento dos pequenos negócios brasileiros às práticas de economia circular”, destaca a importância de fomentar debates e disseminar informações sobre o tema.

A economia circular visa eliminar o desperdício e reduzir ações poluentes que prejudicam o meio ambiente, propondo um modelo produtivo mais sustentável. Esse modelo oferece às pequenas empresas uma oportunidade valiosa de agregar valor aos seus produtos e serviços, mas requer um esforço colaborativo com governos locais para ser eficaz.

++ Serena Williams vem ao Brasil para evento de liderança e empreendedorismo

Bruno Quick, diretor-técnico do Sebrae Nacional, enfatiza a necessidade de uma transição justa para a economia circular, envolvendo todos os setores produtivos. Juliana Borges, analista de Competitividade, Economias Transversais e Emergentes do Sebrae Nacional, acrescenta que práticas sustentáveis, como as Estratégias-R (reparar, reutilizar, distribuir, renovar, remanufatura e reciclar), prolongam a vida útil dos produtos e materiais, contribuindo para a restauração do meio ambiente.

Apesar do crescente reconhecimento da economia circular no Brasil, a pesquisa mostra que a maioria dos empresários ainda possui um entendimento limitado do tema. Aproximadamente 83,49% dos entrevistados afirmaram desconhecer ou ter apenas uma compreensão superficial sobre a economia circular.

++ Bitcoin lidera rendimentos no primeiro semestre de 2024

A pesquisa também revelou variações regionais no conhecimento sobre o tema. Empresas das regiões Norte (19,12%), Nordeste (18,33%) e Centro-Oeste (18,31%) demonstraram maior familiaridade com a economia circular em comparação com as regiões Sudeste (16,60%) e Sul (13,68%).

Juliana Borges ressalta que, embora 60,50% das micro e pequenas empresas ainda não tenham incorporado práticas da economia circular, os 32,73% que já estão trabalhando estrategicamente nesse sentido destacam-se no mercado, seja por ganhos de eficiência ou por preferência dos consumidores.

A economia circular representa não apenas um caminho para a sustentabilidade, mas também uma oportunidade competitiva para pequenos negócios inovadores.

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias