13.9 C
São Paulo
sábado, julho 13, 2024

CEO da Amazon dá dicas sobre inteligência emocional

Leia mais

Tomar boas decisões é desafiador, especialmente para os líderes, o CEO da Amazon, Andy Jassy, compartilhou suas experiências em uma entrevista recente com Ryan Roslansky, CEO do LinkedIn, revelando as dificuldades e as estratégias emocionais que o ajudaram a aceitar a proposta de Jeff Bezos para sucedê-lo.

Uma das principais lições que Jassy compartilhou é a importância de não tomar decisões permanentes com base em emoções temporárias, quando Bezos o abordou em 2021 para se tornar o próximo CEO da Amazon, Jassy estava confortável em sua posição atual, liderando a AWS (Amazon Web Services).

++TikTok testa uploads de conteúdos com até 1 hora de duração

A decisão de assumir uma responsabilidade tão grande não foi imediata, ele pediu tempo para refletir e conversar com sua esposa.

“Eu realmente não estava pensando nesse papel”, disse Jassy. “Fiquei surpreso e lisonjeado e disse, bem, se estiver tudo bem, gostaria de conversar com minha esposa sobre isso.” Esse tempo de reflexão permitiu que ele considerasse cuidadosamente todas as implicações e sentimentos envolvidos.

Tomar tempo para pensar desacelera o processo de tomada de decisão, permitindo que outras partes do cérebro, como o lobo frontal, responsável pela cognição e capacidade de raciocínio superior, entrem em ação. Isso ajuda a reduzir a influência das emoções momentâneas e promove uma decisão mais ponderada.

Outra lição valiosa de Jassy é a importância de buscar conselhos de pessoas de confiança, durante um jantar semanal com sua esposa, ele discutiu a proposta de Bezos, explorando as implicações e os sentimentos envolvidos, essa conversa foi crucial para sua decisão.

Ter uma pessoa de confiança para discutir grandes decisões pode fornecer uma perspectiva valiosa, ajudando a pensar nos detalhes e nuances da situação. Jassy encontrou esse suporte em sua esposa, mas qualquer pessoa de confiança, um colega, mentor, amigo próximo ou membro da família pode desempenhar esse papel, o segredo é que essa pessoa esteja disponível para ouvir e falar livremente.

++Como o maior jogador de futebol americano tem investido seu dinheiro?

A terceira lição envolve a arte de fazer perguntas profundas, a esposa de Jassy ajudou-o a refletir sobre seus motivos e a avaliar os riscos envolvidos, fazendo perguntas que o levaram a uma introspecção profunda.

Perguntas como: O que você realmente quer? Por que você quer isso? Como você se sente em relação às coisas agora? Se você mudar, como se sentirá no futuro? Tem certeza?

Essas perguntas ajudam a conectar razão e emoção, permitindo que a pessoa tome decisões informadas e conscientes. Fazer as perguntas certas pode revelar insights importantes que podem não ser aparentes à primeira vista.

Tomar decisões melhores é essencial para líderes e para qualquer pessoa que deseje reduzir arrependimentos e fazer escolhas conscientes. Ao seguir o exemplo de Andy Jassy,  tirando tempo para pensar, conversando com alguém em quem confia e fazendo as perguntas certas você pode tomar decisões das quais se orgulhará. 

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias