20.7 C
São Paulo
sexta-feira, julho 19, 2024

Robôs vs Androides: decifrando as diferenças na era da robótica

Leia mais

O vocabulário da tecnologia está cada vez mais presente em nosso cotidiano. Com a ascensão da inteligência artificial, termos como robôs e outras invenções humanas impressionantes se tornaram comuns. No entanto, dois dos termos mais recorrentes neste campo são “robô” e “androide”. É possível que você não saiba, mas esses termos não são sinônimos. Vamos explorar as principais diferenças entre esses dispositivos tecnológicos.

O que é um robô?

O termo “robô” é bastante abrangente. Refere-se a qualquer tecnologia programada para realizar tarefas, analisar e tomar decisões de forma autônoma, ou seja, sem intervenção humana. A palavra tem origem no Tcheco, derivada de “robota”, que significa trabalho forçado.

Foi usada pela primeira vez em 1920, na peça “Robôs Universais de Rossum”, do autor tcheco Karel Capek, que apresentava operários mecanizados. A palavra “robótica”, por sua vez, foi criada pelo escritor de ficção científica Isaac Asimov, que desenvolveu o conceito das Três Leis da Robótica em seus livros e artigos.

Robôs podem ser diversos dispositivos autônomos, desde programas de computador até aspiradores de pó inteligentes que reconhecem os espaços e desviam de obstáculos. São amplamente utilizados em várias indústrias, realizando tarefas que beneficiam os seres humanos. Já foram desenvolvidos robôs para explorar o fundo do mar, realizar tarefas domésticas, detectar minas terrestres e até realizar cirurgias de alta precisão.

++MEIs: Como renegociar dívidas com segurança e confiança

E um androide?

Um androide é um robô que imita a aparência e ações humanas. Em outras palavras, todo androide é um robô, mas nem todo robô é um androide. A etimologia do termo vem do Grego, combinando “andrós” (homem) e “eidos” (forma). Originalmente, androides tinham aparência masculina; o termo para robôs com aparência feminina é “ginoide”.

Inicialmente, robôs humanoides modernos foram criados para servir como próteses humanas. No entanto, a tecnologia avançou e hoje androides desempenham interações cada vez mais naturais, reconhecendo ambientes e interagindo com as pessoas ao seu redor, graças à inteligência artificial.

Quais são os androides mais conhecidos?

Alguns androides ganharam destaque, seja como criações reais ou personagens de ficção. Vamos conhecer alguns dos mais conhecidos:

Sophia: Desenvolvida pela Hanson Robotics em 2015, Sophia pode reproduzir 62 expressões faciais. Projetada para aprender e adaptar-se ao comportamento humano, ela se tornou, em 2017, o primeiro robô a receber cidadania.

Mars Rover: Pequeno androide da NASA lançado em 30 de julho de 2020 para explorar a superfície de Marte, ampliando nosso conhecimento sobre o planeta.

++Solidariedade centenária em tempos de crise; empresa doa mais de 1 milhão de litros de água por dia

Robelf: Um robô guardião da Robotelf Technologies, que opera através de sensores de voz, visão e posição para proteger residências.

Wall-E: O adorável robô do filme da Pixar, deixado na Terra para limpar um planeta poluído, que se apaixona por Eva, uma ginoide.

R2D2, C3PO e BB-8: Os icônicos robôs de Star Wars, essenciais na trama e queridos pelos fãs, que auxiliam na navegação e manutenção das naves, comunicando-se por bipes e sons eletrônicos.

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias