20.6 C
São Paulo
sexta-feira, julho 12, 2024

“Shark Tank” da C&A: programa busca capacitar empreendedorismo de minorias na moda

Leia mais

 

O Instituto C&A, braço social da varejista de moda C&A, revelou o lançamento da IC&A FashionLab, uma iniciativa inovadora voltada para a capacitação de empreendedores da moda autoral e profissionais criativos do setor. Esta empreitada visa dotar os participantes de recursos essenciais para impulsionar seu desenvolvimento financeiro, através da criação de um diferencial de mercado significativo. Com um investimento substancial de 1 milhão de reais neste ano, este projeto surge como uma evolução natural de outros programas de apoio que têm beneficiado centenas de empreendedores desde 2022.

“Com base nas valiosas lições aprendidas nos últimos dois anos, reformulamos nossa abordagem para fortalecer ainda mais o suporte aos empreendedores, proporcionando jornadas mais extensas e imersivas”, explica Gustavo Narciso, diretor executivo do Instituto C&A. As oportunidades oferecidas serão distribuídas ao longo do ano, contemplando diversos públicos por meio de editais. O programa abrangerá laboratórios de desenvolvimento, áreas de criação, desenvolvimento de produto, comunicação e até mesmo a reestruturação de modelos de negócio.

++ Conheça o Chrono Working, uma nova maneira de se trabalhar

“Atualmente, já contamos com a participação de 50 empreendedores em alguma das jornadas de desenvolvimento, com previsão de inclusão de mais 90 ao longo do ano. Em 2024, esperamos ter um impacto direto em 140 empreendedores. Embora este número seja inferior ao dos anos anteriores, reconhecemos que essa abordagem nos permitirá uma interação mais próxima com cada um deles”, conta o executivo.

Uma das características inovadoras do IC&A FashionLab é a inclusão de uma espécie de “shark tank”, inspirado no famoso reality show, no qual os empreendedores têm a oportunidade de apresentar seus negócios em busca de parcerias e investimentos. Voluntários especializados da área comercial da C&A serão responsáveis por orientar os participantes, preparando-os para apresentações a investidores, com valores de investimento variando entre 5.000 e 15.000 reais, além das trilhas de conhecimento oferecidas.

No cenário acadêmico e profissional, o IC&A FashionLab conta com a colaboração de instituições de renome como a Faculdade Santa Marcelina, SENAC, CRIÁVEL e Nordestesse. Ao longo de 2024, serão realizadas pelo menos cinco edições do programa, cada uma delas integrando os editais. As oportunidades serão disponibilizadas em escala nacional, podendo ser acessadas tanto de forma online quanto presencial, nas regiões do Sudeste e Nordeste.

Apoio ao Empreendedorismo de Minorias

O Instituto C&A está comprometido com a descentralização do apoio, especialmente nas regiões Norte e Nordeste, e com a promoção de iniciativas voltadas para grupos socialmente minorizados. Em maio, está programada a realização do IC&A Black FashionLab, uma imersão dedicada a 10 empreendedores de moda autoral, negros ou indígenas, com CNPJ ativo há pelo menos 1 ano.

Segundo dados do SEBRAE divulgados em 2023, empreendedores negros representam 52% dos 29,3 milhões de indivíduos responsáveis por conduzir negócios no Brasil. No entanto, esse grupo está predominantemente associado a empreendimentos com baixa formalização, recebendo menos recursos para conduzir negócios de menor porte e com menor necessidade de qualificação.

++ Elon Musk vai comprar a Globo?

Consultores especializados serão contratados para abordar aspectos cruciais do negócio, como gestão de produtos, aprimoramento de comunicação e estratégias de marketing. O objetivo é capacitar os participantes para a criação de projetos sólidos, passíveis de serem apresentados em um pitch, com a possibilidade de receber um investimento de 10 mil reais, a ser decidido por uma banca avaliadora.

Outra preocupação identificada pelo Instituto é a necessidade de apoio específico para mães empreendedoras. Em parceria com o Instituto Lojas Renner, serão oferecidos programas focados em questões como conciliação da jornada dupla e suporte socioemocional, entre outros aspectos relevantes para este público.

Expectativas para o Futuro

Gustavo expressa sua expectativa de continuar contribuindo para o crescimento dos negócios, com melhorias significativas no faturamento e um impacto tangível na inclusão produtiva. Em 2022, observamos que 13% dos participantes conseguiram formalizar seus empreendimentos, enquanto 5% contrataram pelo menos uma pessoa adicional. Além disso, planejamos expandir nossa influência através da produção de conteúdos que beneficiem não apenas os 140 empreendedores previstos para este ano, mas também um público mais amplo.

Não deixe de nos seguir no Instagram para mais notícias da Pardal Tech

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Últimas notícias